quinta-feira, setembro 04, 2008

som da vida


Perdi-te para os acordes duma viola.

Uma música que te tocava o coração mais do que alguma vez fora tocado.

Perdi-te para a felicidade plena que tinhas encontrado

[e não te fez feliz.]

Perdi-te para reencontrar-te mais tarde, quando o teu mundo perfeito fois devastado por essas mãos que te traziam o som da vida.

Desabou! [um dia em que a clave de sol deixou de te iluminar os passos]

Provei o meu ponto de vista...

agora regresso em teu auxílio, numa tentativa de te reerguer.

Emirge ao som dos que te rodeiam, retoma a nossa música como sendo tua.

Levanta-te para voar, e prepara-te para a volta ao mundo!
[o teu ritmo, em todos nós melodia se torna]

3 comentários:

ROSA E OLIVIER disse...

"cada beso bautizado
crea nuevas primaveras
donde nace y donde muere
una rosa verdadera."...!?...besos...only...for you!

Filipa Epifânio disse...

Gostei mesmo deste...noto uma evolução na tua escrita :)

*

Joanne disse...

eu...aqui e tão bem!