sábado, abril 26, 2008

Ressaca tua

Deitada neste mundo, largada de tudo,
encontro-me numa ressaca absurda de ti.
Ressaca de amor, prazer e paixão.
Viciaste-me...
em ti, nas tuas palavras,
no teu olhar profundo de mim.
Agora que sinto a tua ausência,
sinto esta ressaca a proliferar em cada poro meu.
És suor, lágrimas...
cada momento meu perdido aqui,
neste instante,
é teu.
vício meu.ressaca minha. Ausência tua.
Findo-me neste lugar...
memórias tuas em minha presença.

3 comentários:

Joanne disse...

(oh pa desculpa, mas eu li uma frase e lembrei-me da musica da Ana Malhoa...a do sangue e do suor...faz de conta que eu n escrevi isto =X) Está bonito pela simplicidade que usaste, sem duvida a ausencia e a ressaca...do mundo, das pessoas, dos momentos..

Sílvia Arruda Aguiar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ROSA E OLIVIER disse...

"intima semente baila em meu reino
ao sabor de tuas doçuras..."

Mille bacini!